Ideias com mérito

Ideias com mérito

A Rede de Bibliotecas Escolares tem constatado, ao longo dos anos, que o nível do trabalho realizado pelas bibliotecas evidencia um conjunto de práticas cada vez mais centradas no uso da informação e no conhecimento, destacando o papel transversal que a biblioteca escolar ocupa, atualmente, no apoio aos curricula e na melhoria das aprendizagens.

Com o intuito de incentivar o trabalho realizado pelas escolas, foi criada a candidatura Ideias com mérito, que tem como objetivos identificar e apoiar as experiências mais consistentes e difundir as práticas melhor concretizadas pelas bibliotecas.


Projetos apoiados

2017

Agrupamento Escolas de Portel
Escola Básica D. João de Portel
Localidade Portel
DGEstE/ DSR Alentejo
Projeto Portel digit@l t@lking
Coordenação da candidatura Carla da Purificação Caleiro R. Trindade Valente

Resumo O projeto prevê um trabalho articulado entre a biblioteca escolar e os docentes de Língua Inglesa, privilegiando metodologias ativas e o uso da tecnologia no desenvolvimento das literacias da leitura e da informação.
Através de iniciativas como Speaker’s Corner, Let’s Talk e formação sobre o uso de algumas ferramentas, os alunos são envolvidos na realização de atividades que os motivam para a aprendizagem da Língua Inglesa e simultaneamente para a utilização efetiva dos recursos da biblioteca. Histórias digitais, dramatizações de textos, vídeos e registos áudio, bem como conversações com outros alunos estrangeiros serão alguns dos produtos que irão ser divulgados no repositório do projeto.


Agrupamento Escolas de Almeida
Escola Básica e Secundária Dr. José Casimiro Matias
Localidade Almeida
DGEstE/ DSR Centro
Projeto Da semente da palavra à flor do conhecimento
Coordenação da candidatura Isabel Maria Antunes Robalo

Resumo O projeto tem como objetivo central o apoio a alunos do 1.º ciclo com dificuldades identificadas no processo de aprendizagem da leitura. É realizado um trabalho colaborativo entre o professor bibliotecário, os professores titulares de turma e os docentes de apoio, que se consubstancia na organização dos alunos em estufas e no desenvolvimento de atividades que lhes permitem evoluir de acordo com o seu ritmo de aprendizagem. As atividades dinamizadas incluem exercícios adaptados a cada aluno através de processos de gamificação.


Agrupamento Escolas Afonso de Paiva
Escola Básica Afonso de Paiva
Localidade Castelo Branco
DGEstE/ DSR Centro
Projeto Ler, contar e recontar
Coordenação da candidatura Carla Manuela Henriques Roque Nunes

Resumo O projeto centra-se na problemática da leitura e visa, através de um trabalho que abrange sobretudo o domínio de educação literária, conjugar a compreensão leitora ao prazer de ler. Esse trabalho sistemático com alunos do 1.º ciclo, e que resulta de uma ação concertada entre a equipa da biblioteca e os professores titulares de turma, prevê a dinamização de atividades de mediação da leitura e de ateliês práticos, na sala de aula e na biblioteca escolar.


Agrupamento Escolas de Santa Comba Dão
Escola Secundária de Santa Comba Dão
Localidade Santa Comba Dão
DGEstE/ DSR Centro
Projeto Pequenos cientistas sempre a aprender!
Coordenação da candidatura José Manuel Cruchinho

Resumo O projeto visa o desenvolvimento integrado das literacias científica, da leitura, da informação e digital através de uma estreita articulação curricular e do trabalho colaborativo com a biblioteca escolar.
Dirigido a alunos e docentes dos 1º e 2º ciclos do ensino básico, o projeto prevê sessões formativas para docentes e ações realizadas, em contexto letivo, de forma regular e continuada, envolvendo atividades experimentais, de leitura, de escrita, pesquisa e tratamento da informação.


Agrupamento Escolas de Moinhos da Arroja
Escola Básica de Moinhos da Arroja
Localidade Odivelas
DGEstE/ DSR Lisboa e Vale do Tejo
Projeto Infomedia – um passo para o conhecimento
Coordenação da candidatura Sílvia Raquel Prieto e Menezes

Resumo Destinado a alunos do 1º ciclo do ensino básico, o projeto pretende, em articulação curricular, desenvolver as literacias da leitura, dos media, digital e o pensamento computacional, através de ações formativas sobre criação e edição em vídeo e princípios básicos de programação. Estão ainda previstas sessões que pretendem agregar a hora do conto, numa perspetiva interdisciplinar, com atividades que envolvem as TIC, a programação e a robótica.


Agrupamento Escolas de Real
Escola Básica de Real
Localidade Braga
DGEstE/ DSR Norte
Projeto Experimentar para partilh@r
Coordenação da candidatura José Alves Barroco

Resumo  Destinado a alunos do 1º ciclo do ensino básico, o projeto pretende, através da articulação entre docentes e do trabalho colaborativo com a biblioteca escolar, promover o ensino experimental das ciências. Prevê também formação para os docentes, designadamente no apoio à preparação e realização de atividades de base experimental, laboratorial e de campo e à elaboração de protocolos experimentais digitais.


Agrupamento Escolas Carlos Amarante
Escola Secundária Carlos Amarante
Localidade Braga
DGEstE/ DSR Norte
Projeto Aprender a criar na biblioteca escolar
Coordenação da candidatura Ana Margarida Mendes Dias

Resumo Aprender a criar na biblioteca escolar prevê a reestruturação de duas bibliotecas do agrupamento, adequando o espaço a novas formas de trabalho e equipando-as com recursos que facilitam práticas pedagógicas inovadoras.
Depois de docentes e alunos receberem formação, nomeadamente em Ambientes de aprendizagem suportados por Tecnologias móveis, os alunos do Ensino Profissional e  Ensino Recorrente desenvolvem atividades que implicam o uso dos recursos e equipamentos da biblioteca escolar no desenvolvimento de trabalhos de projeto relacionados com as suas áreas de aprendizagem.


Agrupamento Escolas de Monserrate
Escola Básica Dr. Pedro Barbosa 
Localidade Viana do Castelo
DGEstE/ DSR Norte
Projeto Biblioteca Atlântica: rotas de futuro 
Coordenação da candidatura Carla Maria Gonçalves Bezerra Martins Gandra

Resumo O projeto propõe-se desenvolver, de forma sólida e gradual, aquelas que são consideradas as competências fundamentais para o século XXI: comunicação, colaboração, pensamento crítico, conetividade, criatividade e cultura.
Dirigido a alunos e docentes do 3.º ciclo, pretende promover o uso criativo de tecnologias digitais em meio escolar para envolver os alunos em diversas dinâmicas de leitura e, simultaneamente, alavancar os professores na experimentação e envolvimento com novos cenários de aprendizagem.
O projeto prevê, ainda, a criação de um novo espaço na biblioteca, mais versátil e adaptável, que seja um laboratório de aprendizagem para alunos e professores. Contempla, também, formação para docentes no âmbito dos Laboratórios de aprendizagem e oficinas de leitura e escrita criativa para alunos.


Agrupamento n/a
Escola Secundária Dr. Joaquim Gomes Ferreira Alves
Localidade Vila Nova de Gaia
DGEstE/ DSR Norte
Projeto Leituras cruzadas
Coordenação da candidatura Helena Paz dos Reis

Resumo O projeto, destinado a alunos do 6.º ao 12.º ano e em articulação direta com os docentes de Português e Inglês, pretende, através da realização de ciclos de leitura, combater a diminuição dos índices de leitura domiciliária e (re)conquistar leitores. O programa desenvolver-se-á em três momentos distintos (1. Escolho o livro a ler; 2. Leio e cruzo saberes e 3. Falo do livro que li), recorrendo a conteúdos de realidade aumentada, códigos QR, murais digitais e plataformas colaborativas.


2016

Agrupamento Escolas de Colmeias
Escola Básica de Colmeias
Localidade Leiria
DGEstE/ DSR Centro
Projeto Inglês com TICs e (re)toques na biblioetca escolar do 1.º ciclo
Coordenação da candidatura Cláudia Sofia de Sousa Mota

Resumo O projeto, centrado na área do Currículo, Literacia e Aprendizagem, prevê um trabalho de articulação entre a biblioteca escolar e a disciplina de Inglês (no 1.º ciclo) através do apoio ao currículo e formação para as literacias contempladas no referencial Aprender com a biblioteca escolar. A articulação entre o professor bibliotecário/ docente de Inglês e o professor titular de turma far-se-á através da lecionação da Língua Inglesa, em regime de coadjuvação, da utilização de recursos impressos e digitais da biblioteca escolar e da produção de conteúdos para divulgação numa plataforma digital. O projeto-piloto deverá, em anos posteriores, ser alargado a todas as turmas do agrupamento.


Agrupamento Escolas Raul Proença
Escola Básica de Santo Onofre
Localidade Caldas da Rainha
DGEstE/ DSR Centro
Projeto A ciência ganha vida entre os livros
Coordenação da candidatura Isabel Maria Seixas da Cunha Seno

Resumo O projeto assenta na dinamização de sessões experimentais com o objetivo de estimular a curiosidade e o espírito científico nos alunos dos 1.º e 2.º ciclos. Com base na leitura coletiva de textos literários com alusões cientificas, são disponibilizados, numa primeira fase, recursos didáticos que possibilitam o registo de observações, debates e conclusões. Este processo de investigação é complementado, posteriormente, com o trabalho em sala de aula, tendo por base a motivação e a curiosidade despertadas pelas sessões experimentais.


Agrupamento Escolas de Paço de Arcos
Escola Secundária Luís de Freitas Branco
Localidade Oeiras
DGEstE/ DSR Lisboa e Vale do Tejo
Projeto Entrelaçar leituras – biblioteca (ainda) mais à frente
Coordenação da candidatura Maria Filomena Martins dos Santos

Resumo O projeto, resultado da articulação entre a biblioteca escolar e a disciplina de Português, concretiza-se através do desenvolvimento de Oficinas de Apoio ao Currículo nos 9.º, 10.º e 12.º anos, com base no modelo WebQuest. Os alunos são convocados a desenvolver competências múltiplas num processo que prevê a leitura, a escrita e o tratamento da informação e resulta na apresentação e divulgação de trabalhos produzidos com recurso a diferentes ferramentas digitas.


Agrupamento Escolas de Venda do Pinheiro
Escola Básica da Venda do Pinheiro
Localidade Venda do Pinheiro
DGEstE/ DSR Lisboa e Vale do Tejo
Projeto Fab@rts: o 3D nas mãos da educação
Coordenação da candidatura Jaquelina Laureano Duarte

Resumo O projeto Fab@rts pretende explorar as potencialidades da modelação e impressão 3D em contexto pedagógico (tangibilidade de conceitos complexos ou abstratos, desenvolvimento de competências, conhecimentos e metodologias de trabalho com aplicabilidade direta nas áreas CTEM – Ciência, Tecnologia, Engenharia e Matemática - e perceção espacial), desenvolver as literacias tecnológica e digital, da informação e dos média e incrementar o trabalho colaborativo, a diversificação de metodologias no processo de ensino e aprendizagem, a interdisciplinaridade e a articulação com a biblioteca escolar.
Prevê a criação de um Maker Space focalizado na impressão 3D, o trabalho articulado com diversas áreas disciplinares em contexto curricular, a utilização criativa de tecnologia de vanguarda e aplicações digitais em dispositivos móveis (tablets), a realização de formação para docentes, alunos e encarregados de educação e a promoção de atividades extracurriculares.


Agrupamento Escolas D. Maria IIl
Escola Secundária D. Maria II
Localidade Braga
DGEstE/ DSR Norte
Projeto Ler e escrever em rede
Coordenação da candidatura Maria de Fátima da Mota Teixeira Pinto

Resumo O projeto visa o desenvolvimento de competências de leitura e escrita digitais de alunos do 1.º ciclo, através do trabalho de obras literárias em suporte impresso e digital. Em períodos semanais de 60 e 45 minutos, os alunos leem e são envolvidos em atividades de interpretação – previamente concebidas pela professora bibliotecária e pelos docentes titulares de turma – e em formação que os capacita para a elaboração de trabalhos relacionados com as leituras realizadas. Deste processo resultam produções escritas e curtas-metragens que são divulgadas e partilhadas entre turmas.


Agrupamento Escolas de Maximinos
Escola Secundária de Maximinos
Localidade Braga
DGEstE/ DSR Norte
Projeto A voz dos livros
Coordenação da candidatura Cristina Gandra

Resumo  O projeto pretende desenvolver a literacia da leitura (fluência leitora, colocação de voz, expressividade), através da gravação áudio de obras literárias e de outras tipologias, que serão disponibilizadas para consulta e/ou requisição, designadamente para os alunos cegos e baixa visão.
As atividades, a desenvolver na Oferta de escola e no Clube do leitor, privilegiarão, numa primeira fase, os alunos do 7º ano de escolaridade. Posteriormente, prevê-se a participação no projeto dos encarregados de educação e de outros membros da comunidade educativa.


Agrupamento Escolas de Santa Maria Maior
Escola Secundária de Santa Maria Maior
Localidade Viana do Castelo
DGEstE/ DSR Norte
Projeto TV na Maior
Coordenação da candidatura Cláudia Susana Vieira Santos

Resumo O projeto TV na Maior pretende desenvolver as literacias previstas no referencial Aprender com a biblioteca escolar, através da criação de um canal de televisão escolar, com uma programação regular, em que serão transmitidas entrevistas, reportagens e spots promocionais de livros existentes na biblioteca escolar.

Dirigido a alunos do ensino secundário, regular e profissional, o projeto prevê ações desenvolvidas em situações educativas diversas (curricular, extracurricular, formação em contexto de trabalho e projeto de aptidão profissional), numa dinâmica de trabalho colaborativo entre a biblioteca e os alunos e docentes envolvidos.


2015

Agrupamento Escolas João da Rosa
Escola Básica João da Rosa
Localidade Olhão
DGEstE/ DSR Algarve
Projeto Biblioteca escolar: transpor limites
Coordenação da candidatura Nélia Maria Gregório Estêvão

Resumo O projeto, orientado pelo referencial Aprender com a biblioteca escolar, o Modelo de avaliação da biblioteca escolar e o Programa Rede de Bibliotecas Escolares. Quadro estratégico: 2014-2020, pretende desenvolver as literacias da leitura, da informação e dos média através da utilização de equipamentos e recursos digitais. Para atingir este propósito será atualizada a biblioteca virtual do agrupamento e criados espaços em linha que agreguem recursos didáticos, trabalhos dos alunos e tutoriais para a utilização de ferramentas digitais. A utilização destes recursos será potenciada pela utilização de tablets em contexto letivo e extraletivo, pela realização de formação para alunos, docentes e pais/ encarregados de educação, pelo trabalho colaborativo desenvolvido com os docentes para a sua criação, manutenção e aplicação em contexto curricular e pela valorização dos trabalhos e aprendizagens feitos pelos alunos.


Agrupamento Escolas Lima-de-Faria
Escola Secundária Lima-de-Faria
Localidade Cantanhede
DGEstE/ DSR Centro
Projeto Literacias da escola: formar os parceiros da biblioteca
Coordenação da candidatura Isabel Maria Rodrigues Bernardo

Resumo O projeto envolve todos os agrupamentos de escolas de ensino público do concelho e pretende, através da formação dos docentes e dos alunos e da produção e disponibilização de recursos pedagógicos, o desenvolvimento das literacias da informação e digital em contexto curricular. Alicerçado no referencial Aprender com a biblioteca escolar, iniciou-se em 2014/ 2015, centrado no desenvolvimento da literacia da informação e pretende, nos anos letivos 2015/ 2017, incrementar a literacia digital. A biblioteca escolar assume um papel central neste projeto, atuando como agente habilitador dos seus parceiros potenciando, assim, o trabalho colaborativo e o desenvolvimento das capacidades dos alunos.


Agrupamento n/a
Escola Secundária Quinta das Palmeiras
Localidade Covilhã
DGEstE/ DSR Centro
Projeto GPI – Gui@s de Percursos Interativos
Coordenação da candidatura Albertina Maria Salgueiro Henriques Leitão

Resumo O projeto consiste na produção, por parte dos alunos dos Cursos Profissionais Técnicos de Turismo/ Multimédia, de uma aplicação informática interativa para iPad e computadores que permite a criação de roteiros turísticos locais e regionais com informação em várias línguas. Os materiais, produzidos em articulação com a biblioteca escolar, deverão resultar num guia da cidade e integrar o Centro Pedagógico e Interpretativo da escola. Está prevista a sua utilização por outros alunos e pela comunidade e a rentabilização em contexto de formação.


Agrupamento Escolas de Porto de Mós
Escola Secundária de Porto de Mós
Localidade Porto de Mós
DGEstE/ DSR Centro
Projeto DICA (Dominar a Informação Certa com Astúcia)
Coordenação da candidatura Carlos Alberto Cruz de Oliveira

Resumo O projeto pretende desenvolver as literacias da informação e dos média, de acordo com o preconizado pelo referencial Aprender com a biblioteca escolar, através de atividades e projetos desenvolvidos integralmente em sala de aula com recurso a suportes digitais, da construção coletiva de um currículo do agrupamento para o desenvolvimento destas literacias, da elaboração de materiais de apoio para os alunos e do incremento do trabalho colaborativo com os docentes.


Agrupamento Escolas Viseu Sul
Escola Básica D. Luís de Loureiro
Localidade Viseu
DGEstE/ DSR Centro
Projeto Ser+ Cidadão
Coordenação da candidatura Maria da Conceição Tomé

Resumo O projeto, que visa promover a integração social da população cigana da zona, assenta em dois eixos centrais: o desenvolvimento das literacias e o sucesso escolar dos alunos desta etnia, e a implementação de atividades no âmbito da educação intercultural dirigidas a todos os alunos e à comunidade local. Partindo da biblioteca, interface importante para a equidade e a inclusão social, a escola promove dois tipos de iniciativas: 1) com turmas que integram alunos de etnia cigana são desenvolvidas atividades de articulação curricular que têm como objetivo trabalhar competências de leitura, digitais e de informação com recurso a dispositivos móveis; 2) alunos, professores e pais são envolvidos em práticas interculturais que incluem formação e seminários.


Agrupamento Escolas de Mafra
Escola Básica de Mafra
Localidade Mafra
DGEstE/ DSR Lisboa e Vale do Tejo
Projeto LER na pont@ dos dedos
Coordenação da candidatura Maria João Caetano

Resumo O projeto visa a melhoria da fluência e compreensão leitoras, através de um trabalho sistemático que se desenvolverá em três vertentes: complemento curricular, curricular e livre. Na vertente curricular serão tratados, ainda, conteúdos das disciplinas envolvidas, pretendendo-se também, por esta via, a melhoria do desempenho dos alunos a este nível. Prevê a articulação contínua entre os docentes envolvidos e a biblioteca escolar na realização das atividades e a utilização, a par da leitura em suporte papel, de aplicações, recursos e equipamentos digitais.


Agrupamento n/a
Escola Artística do Conservatório de Música Calouste Gulbenkian
Localidade Braga
DGEstE/ DSR Norte
Projeto Centro de Escrita
Coordenação da candidatura Anabela de Fátima Vilela Fernandes

Resumo O projeto Centro de escrita (CE) é um serviço da biblioteca escolar que oferece apoio individualizado, presencial e em linha, na elaboração de diversos tipos de textos, contando para isso com um grupo de professores, com horas adstritas à biblioteca e ao CE.
Este acompanhamento, resulta, maioritariamente, de uma articulação prévia com docentes de várias disciplinas: i) os docentes encaminham os alunos para o Centro de escrita para trabalhar tipologias textuais específicas; ii) Os docentes solicitam uma formação específica, a realizar na biblioteca ou na sala de aula; iii) A equipa do CE realiza uma oficina de escrita em sala de aula (2 aulas de 50 minutos) e acompanhando depois, na biblioteca e à distância, a produção textual até à versão final.
O Centro de escrita apoia ainda, presencialmente ou a distância, todos os alunos que o procuram espontaneamente.


Agrupamento Escolas Sá de Miranda
Escola Básica de Palmeira
Localidade Braga
DGEstE/ DSR Norte
Projeto VideoM@T
Coordenação da candidatura Paulo Manuel Jorge dos Reis

Resumo O projeto VideoM@T, baseado na metodologia JuxtaLearn, envolve a criação de um clube com o nome do projeto, que visa estimular a curiosidade dos alunos em ciência e tecnologia através de produção de vídeos criativos que explorem conteúdos curriculares de Matemática, potenciando a inspiração criativa, o desenvolvimento do conhecimento conceptual e compreensivo, através de um trabalho articulado entre a biblioteca escolar, os docentes de Matemática e de Educação Visual e Educação Tecnológica.
A biblioteca, enquanto estrutura nuclear na escola, dotada de recursos, serviços e tecnologias, capazes de contribuir para o enriquecimento do currículo e das práticas docentes, assume um papel de relevo na operacionalização, liderança e coordenação dos intervenientes.


Agrupamento n/a
Escola Secundária Martins Sarmento
Localidade Guimarães
DGEstE/ DSR Norte
Projeto Múltiplas leitur@s: as literacias na ciência e na arte
Coordenação da candidatura Cristina Ferreira de Freitas Lopes

Resumo Trata-se de um projeto de promoção da leitura, alicerçado na literatura científica, artística e ensaística e desenvolvido pela biblioteca, em articulação com os departamentos curriculares de matemática, ciências experimentais e ciências sociais e humanas. Partindo da leitura de obras de divulgação científica e artística relacionadas com os conteúdos curriculares, os alunos partilham opiniões em fóruns de leitura e produzem conteúdos em formato digital que refletem as aprendizagens realizadas. Os produtos são divulgados à comunidade em apresentações públicas e num repositório digital.


Agrupamento Escolas de Ponte da Barca
Escola Básica e Secundária de Ponte da Barca
Localidade Ponte da Barca
DGEstE/ DSR Norte
Projeto Leituras & Companhia
Coordenação da candidatura Renato Frederico Devesa de Macedo e Silva Ferreira

Resumo Semanalmente, incluindo nas interrupções letivas, é gravado um programa para a Rádio Barca – 99.6 FM, que vai para o ar aos sábados e aos domingos, das 12 às 13 horas, e que aborda os mais diversos temas. A escolha do tema, a preparação dos materiais, assim como a gravação e edição dos programas resulta de um trabalho entre a articulação da biblioteca escolar, os docentes dos 1.º e 2.º ciclos e os alunos do Curso Técnico de Multimédia, que têm a seu cargo a edição de um MP3 que é entregue na Rádio Barca semanalmente.
À medida que são difundidos na rádio, os programas vão sendo disponibilizados também em linha, na página Web do agrupamento.


Agrupamento Escolas D. Dinis
Escola Básica e Secundária D. Dinis
Localidade Santo Tirso
DGEstE/ DSR Norte
Projeto QRbook!
Coordenação da candidatura Ana Maria Fernandes Silva

Resumo O projeto QRbook! assenta nas potencialidades dos códigos QR na promoção do livro e da leitura. Alunos, professores e outros elementos da comunidade educativa terão acesso, a partir de dispositivos móveis, a dados sobre obras literárias, previamente selecionadas e trabalhadas, podendo, ainda, responder a questionários em linha e consultar trabalhos produzidos pelos alunos.



Veja também: Indicadores estatísticos
NOTÍCIAS